25 abril 2008

25 de Abril e soninho

Adormeci milhares de vezes com a minha mãe a cantar-me esta música baixinho...
mm
"Ontem apenas fomos a voz sufocada dum povo a dizer não quero; fomos os bobos-do-rei mastigando desespero. Ontem apenas fomos o povo a chorar na sarjeta dos que, à força, ultrajaram e venderam esta terra, hoje nossa. Uma gaivota voava, voava, asas de vento, coração de mar. Como ela, somos livres, somos livres de voar. Uma papoila crescia, crescia, grito vermelho num campo qualquer. Como ela somos livres, somos livres de crescer. Uma criança dizia, dizia"quando for grande não vou combater". Como ela, somos livres, somos livres de dizer. Somos um povo que cerra fileiras, parte à conquista do pão e da paz. Somos livres, somos livres, não voltaremos atrás".

19 abril 2008

Taleigo ou saco do pão

Fiz porque a Crafty Doula me convidou para este grupo! Já os tinha conhecido como "taleigos" pela Rosa Pomar. Não está perfeito nem elaborado mas gostei da conjugação dos tecidos. O tecido do meio verde recebi numa troca que veio de Israel.
Para o próximo vou comprar os tecidos na retrosaria.
Não o vou usar como saco do pão, vou usá-lo nas minhas viagens como bolsa para guardar roupa íntima (!).
Ninguém imagina como fazer estas coisas me alegra a vida!

12 abril 2008

Nós, signos chineses e Momiji ♥

Excerto de Livro sobre signos chineses a propósito das relações entre o Tigre (eu) e a Lebre (ele, gosto mais de coelhinho):
Um casal estranho, mas com um relacionamento mutuamente devoto. Será difícil separar estes dois, sendo o Tigre um protector feroz do seu companheiro Lebre.
Grrrrr!
A minha Momiji ♥